Olá lindas 😃

Gente hoje quero falar sobre os famosos esteriótipos. Na verdade, eu acho que nesse caso seria melhor usar a expressão “ditadura da beleza”. O motivo pela qual estou abordando esse assunto é que parece que temos que ser do jeito que outras pessoas impõem.

Deixa eu explicar o porquê disso. Eu sou negra e tenho cabelos cacheados que a propósito eu aliso. A questão já começa aí. A quantidade de pessoas que vem me falar que tenho que deixar o meu cabelo enrolado é enorme, porém, nenhuma delas me pergunta como EU gosto dele. Outra coisa, eu tenho mechas loiras no meu cabelo, só que já me deparei com situações onde me disseram com palavras “agradáveis” que isso não era legal para o meu tom de pele, ou que eu não podia usar roupas com determinadas estampas porque ia me deixar mais magra, ou que salto muito alto pra mim não rolava pelo falto de eu ser alta…

QUE SACO! 😶😐😬🤭

Então lá vai. Eu gosto do meu cabelo da forma como ele é. Estou amando as minhas mechas e logo logo se falarem demais ele vai estar é todo branco e eu uso a roupa que eu quiser e o salto do tamanho que eu quiser. Sem mais.

Revolts a parte kkkkkk

Eu resolvi escrever sobre isso porque acredito que a gente deve deixar a pessoa se vestir da forma que ela se sentir bem. Se a fulana tem cabelo alisado, deixa a fulana. Se ela quer ter o cabelo azul e se sente bem assim, deixa ela produção. E quando eu digo deixa ela, não é não falar nada e ficar torcendo o nariz, é simplesmente deixar a pessoa ser feliz do jeito que ela se sente bem, poxa. O que pode não ser legal pra mim, pode ser exatamente o que faz a pessoa bem.

Claro que não precisa ser falsa, se não gostar do meu cabelo, não precisa falar que está lindo. Só ficar de boca fechada.

Se você for parar pra pensar a beleza das pessoas está exatamente em cada um ser do jeito que é. E preste bem atenção que quando uma pessoa está se sentido bem consigo mesma, o semblante, humor e a forma de ser da pessoa muda.

Algumas pessoas podem querer falar que não tem jeito usar certas coisas por causa de religião, pai, mãe, namorado, marido ou sei lá mais o que, mas vai por mim, dá sim. Com um pouco de esforço e boa vontade é possível adaptar coisas que você tem que usar com coisas que você gosta pra se sentir bem.

Então pra você que já se deparou com essa situação, se joga mana e use o cabelo enrolado, liso, preto, amarelo, as unhas grandes, pequenas, sem unha, a pele sem maquiagem, com muita maquiagem, as roupas independente do seu tom de pele ou do tipo do seu corpo, use o que te faz se sentir bem e feliz.

Pra mim tem dado super certo e para os desavisados: Eu me amo exatamente da forma como sou!! (Mudaria algumas coisinhas talvez kkkk mas nada lá muito relevante)😜

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: